Dieta low carb no tratamento do pré-Diabetes e Diabetes tipo 2

dieta low carb no tratamento

A dieta low carb no tratamento do pré-diabetes e do diabetes tipo 2, oferece vários benefícios para a saúde.

Entre esses benefícios podemos citar a perda de peso, o controle dos níveis de colesterol e triglicerídeos ajudando na prevenção de doenças cardiovasculares, a limpeza do organismo, o melhor funcionamento do intestino por causa do maior consumo de fibras, o estímulo ao consumo de alimentos mais saudáveis e promoção da mudança dos hábitos alimentares.

Saiba mais neste artigo o que é a dieta low carb e como ela ajuda no tratamento do pré-diabetes e diabetes tipo 2. Conheça também quais os alimentos permitidos e proibidos da dieta.

O que é dieta low carb?

A dieta low carb é um plano alimentar onde há a redução dos alimentos ricos em carboidratos. A dieta permite o consumo de até 30g gramas de carboidratos por dia.

Na verdade, a dieta low carb é mais que uma dieta. É um estilo alimentar que se preocupa com a qualidade da alimentação.

É importante destacar que a dieta low carb não é zero de carboidratos como muitos pensam, mas sim reduzida em carboidratos.

Sabemos que os carboidratos em excesso fazem muito mal para a saúde, pois, ao longo do tempo, podem levar ao aparecimento de condições e doenças como o diabetes, por exemplo, mas nosso organismo precisa desses nutrientes, só que em quantidades adequadas e não de forma exagerada.

Por esse motivo, não devemos retirar totalmente os carboidratos da nossa alimentação, nem mesmo os diabéticos, pois alguns órgãos necessitam exclusivamente dos carboidratos para funcionarem como o cérebro.

Como a dieta low carb auxilia no tratamento do pré-diabetes e diabetes tipo 2

A dieta low carb é eficaz para o tratamento do pré-diabetes e diabetes tipo 2 na porque ajuda a controlar os níveis glicêmicos.

Isso ocorre porque a dieta é pobre em carboidratos e isso não causa o aumento rápido da glicose (açúcar) no sangue.

Sabemos que o diabético precisa manter os níveis glicêmicos sempre controlados para evitar possíveis complicações em decorrência do diabetes como problemas na visão, problemas nos rins, problemas de circulação, problemas nos membros inferiores, dificuldade de cicatrização e vários outros.

Portanto, seguindo corretamente a dieta, você consegue manter a taxa glicêmica sempre constante.

Como fazer a dieta low carb

A dieta low carb não é um plano alimentar focado na redução temporária de calorias que visa a perda de peso.

O seu foco é naqualidade da alimentação reduzindo os alimentos ricos em carboidratos ruins (processados e de alto índice glicêmico)que são os alimentos que têm causado muitos prejuízos para o corpo e a saúde como a inflamação do corpo, obesidade, diabetes, entre outros.

Por isso, não existe segredo para seguir a dieta. A forma correta é apenas consumir os alimentos permitidos tendo o cuidado de consumir a quantidade permitida de carboidratos.

Na verdade, a dieta low carb é um estilo de vida que você pode seguir para o resto da vida, pois não é uma dieta temporária apenas para normalizar o peso ou recuperar um estado patológico do corpo em um determinado período.

Então ela não somente ajuda na redução do peso e no controle do diabetes e de outras doenças, como também garante a manutenção da saúde e da qualidade de vida.

Alimentos permitidos na dieta low carb

Os alimentos que a dieta permite são os seguintes:

  • Carne bovina
  • Carne suína
  • Vísceras
  • Aves
  • Peixes
  • Ovos
  • Embutidos como linguiça, salame, bacon, presunto, etc (são opções lowcarb menos recomendadas).
  • Derivados do leite como queijos, nata, coalhada, creme de leite, iogurte sem açúcar e kefir de leite
  • Oleaginosas como nozes, castanhas, amendoins, amêndoas, pistache e macadâmia
  • Sementes como linhaça, chia, gergelim, girassol, abóbora e outras
  • Hortaliças em geral como as folhosas, pepino, tomate, repolho, etc.
  • Frutas com menor teor de carboidrato como polpa de coco, abacate, morango, framboesa, amora, mirtilo, etc.
  • Gorduras como azeite de oliva extravirgem, óleo de coco extravirgem, manteiga, banha de porco e outras gorduras consideradas saudáveis (evite óleos refinados como óleo de soja, de girassol, de milho e de canola, pois são ricas em gordura trans)
  • Bebidas como café e chás sem adoçar
  • Chocolate a partir de 70%
  • Cogumelos
  • Especiarias e condimentos
  • Temperos naturais

Alimentos proibidos na dieta low carb

Os alimentos e produtos que a dieta proíbe são os seguintes:

  • Açúcares em geral como o açúcar branco, cristal, demerara, mascavo, orgânico e outros
  • Preparações doces
  • Mel
  • Arroz branco e integral
  • Cereais como aveia, milho, quinoa, amaranto, etc.
  • Produtos feitos com farinha de trigo refinada e integral como pão, bolo, biscoito, torrada, macarrão e massas em geral
  • Leguminosas como feijão, soja, lentilha, ervilha e grão de bico
  • Legumes ricos em carboidratos como cenoura, abóbora, beterraba, chuchu, batata e outros
  • Frutas de alto índice glicêmico como melancia, mamão, manga, banana e outras
  • Farinha de mandioca
  • Cuscuz
  • Tapioca
  • Amido de milho
  • Amido de mandioca (polvilho/fécula)
  • Leite
  • Iogurte adoçado
  • Sucos
  • Refrigerante
  • Energéticos
  • Bebida alcoólica
  • Suplementos com açúcar/carboidrato

Produtos industrializados

Você também deve ficar atento aos produtos industrializados e verificar no rótulo a quantidade de carboidratos que eles contêm através da informação nutricional. Dessa forma, você consegue escolher melhor os produtos.

Nem sempre os produtos diet são liberados para os diabéticos. Um produto diet pode ser sem adição de açúcar, mas pode conter outros ingredientes prejudiciais para os diabéticos como farinha de trigo, amido e outros.

Sendo assim, fique sempre atento ao rótulo alimentar, principalmente a aqueles que se dizem orgânicos.

Outro ponto a destacar é que nem sempre o açúcar aparecerá com esse nome nos rótulos.

Alguns outros nomes para açúcares que você pode encontrar na lista de ingredientes dos produtos são: sacarose, frutose, maltose, xarope de glucose, xarope de milho, açúcar líquido, açúcar invertido, melaço, mel, maltodextrina, dextrose e vários outros.

Portanto, a dieta low carb, quando é bem feita, pode ajudar e muito no tratamento do diabetes. O ideal é você ter o acompanhamento de um profissional nutricionista para fazer a dieta da forma correta e ter melhores resultados.

One thought on “Dieta low carb no tratamento do pré-Diabetes e Diabetes tipo 2

  1. Erick says:

    Boa tarde, eu vi uma pesquisas esses dias que 80 mil pessoas morrem por ano com refrigerantes, imagina se tivesse como mensurar por carboidratos, já que eles afetam varias outras coisas, ótimo artigo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Posso ajudar?