fbpx

Vitamina D: para que serve, como tomar e quais os benefícios

Vitamina D: para que serve, como tomar e quais os benefícios

A vitamina D é um termo geral para o ergocalciferol (vitamina D2) e colecalciferol (vitamina D3). É classificada como uma vitamina lipossolúvel, ou seja, é solúvel em lipídeos (gordura) e necessita de gordura para que seja absorvida no intestino e transportada.

Como é uma vitamina lipossolúvel, ela é facilmente armazenada no organismo em locais como o tecido adiposo e o fígado, diferentemente das vitaminas hidrossolúveis que são facilmente eliminadas através da água.

Por ser um micronutriente, assim como as demais vitaminas, o organismo precisa em pequenas quantidades da vitamina D para manter o seu funcionamento normal.

Para que serve a vitamina D e quais sus benefícios?

Ela age como um hormônio no organismo e, por isso, uma das principais funções da vitamina D é atuar no metabolismo ósseo agindo em conjunto com o paratormônio (PTH). Ela facilita a absorção de cálcio, sendo este um mineral importante para a formação e manutenção da estrutura óssea.

Além disso, estudos têm mostrado que a vitamina D pode fortalecer o sistema imunológico ajudando a proteger o organismo contra microrganismos patógenos.

Por isso, a vitamina D tem um papel importante na prevenção de várias doenças como as doenças autoimunes, doenças neurológicas, doença inflamatória intestinal, diabetes, osteoporose e várias outras.

Fontes de vitamina D

A principal fonte de produção da vitamina D é através da exposição solar, pois os raios solares ativam a síntese de vitamina D no organismo. Segundo a Sociedade Brasileira de Dermatologia, 10 minutos de exposição ao sol todos os dias é o suficiente para a síntese dessa vitamina em quantidade adequada no organismo.

A produção da vitamina D através da exposição solar corresponde a 90%. Por isso, se não houver uma exposição adequada diária dessa vitamina, a tendência é ter deficiência dela.

A vitamina D também pode ser obtida através de fontes alimentares, apesar de corresponder apenas 10%. Alguns exemplos desses alimentos são os ovos, fígado bovino, fígado de galinha, leite e derivados, peixes, frutos do mar e outros alimentos.

Como tomar a vitamina D

A vitamina D também pode ser obtida através da suplementação por via oral. Mas esta só deve ser feita após recomendação médica ou nutricional em caso de deficiência comprovada.

A suplementação também pode ser feita de forma preventiva, também acompanhada por um médico ou nutricionista, levando em consideração as necessidades individuais e a faixa etária.

A suplementação preventiva deve ser feita em casos de carência prévia determinada ou para os grupos de risco de deficiência como: gestantes, lactentes, portadores de osteoporose, portadores de raquitismo ou osteomalácia, síndromes de má-absorção (Doença de Chron, doença inflamatória intestinal, fibrose cística, cirurgia bariátrica), idosos com histórico de fraturas, insuficiência renal e hepática, medicamentos que alteram o metabolismo da vitamina D e outros grupos.

Portanto, a vitamina D é um nutriente essencial para a manutenção da saúde e sua deficiência pode ocasionar sérios problemas. Uma boa exposição ao sol e o consumo adequado dos alimentos fontes de vitamina D é essencial para o corpo garantir um bom aporte desse micronutriente.

 

Conheça nosso programa personalizado de reedução alimentar “Dieta dos vips” ! Um método prático e eficiente para ajuda-lo a emagrecer de forma rápida e  saudável , recuperar sua energia ,bem estar e qualidade de vida  . Clique AQUI e saiba mais !

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *